Uma vez, conversando com um carinha pelo msn ele me disse “Adoro lamber pés. Antes lambia os meus, mas como não dá mais, me viro com tênis, chinelo, o que dá. hehe”.
No último post, falei que o fetiche por tênis tem meio que se banalizado. Exemplo são os dois vídeos do blog SneakersBR (além do próprio site SneakersBR) e o documentário Sneakers : Entrando de sola na cultura urbana (que até fazia parte da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que aconteceu até semana passada).
Como eu comentei, na maioria dos casos, a propaganda é sutil. Um exemplo é o jogador argentino nu, mas com chuteiras a tiracolo, no último post.
Já algumas propagandas, como essas duas aí do lado, partiram diretamente por ataque. Sem rodeios.
Achei as fotos desses banners (ao que parece, de pontos de ônibus) em blogs gays que comentavam justamente como o tênis passou a ser mesmo fetiche. No caso das duas, não basta o tênis ser confortável, ter amortecedores de impacto ou mesmo ser bonito. Ele é tão bom que os caras estão cheirando (!?). E reparem no detalhe da mão direita do cara da segunda fota. A esquerda segura o tênis. E a direita… ?
Esse foi o exemplo mais explícito de propaganda fetichista que eu já vi. Fiquei realmente pasmo. Fazendo uma comparação, seria como se um cara estivesse passando um short no rosto, sentindo a maciez, ao invés de usá-lo ou dando uma pegada lá enquanto usa um short de nylon, entendem?
Quem curte tênis (sneakers), com já falei, gosta de mesmo cheirar, lamber e colocar os pisantes em outros lugares que não os pés… Tem os que preferem tênis limpos. Já pra outros, quanto mais sujo e detonado, melhor. Alguns gostam só do chulé de macho, mas não da sujeira. E por aí vai… Sem falar nos que gostam de meias.
Não que eu não ache um tesão também. Só acho que as fotos abaixo (as que eu acho um tesão) não deviam estar como as de cima, em outdoors e outras mídias.

Alguém aí curtiu as fotos? Se alguém aí curtiu, deixem comentários, pra eu saber se alguém que curte tênis visita o blog. Valeu!