You are currently browsing the monthly archive for outubro 2008.

Antigamente, eu me sentia sozinho e esquisito por ficar todo excitado  ao ver uma partida de futebol, por ficar tão animado só em usar um short ou de ver outros caras usando. Aí, veio a internet, com conteúdo pornô pra todo lado. Mas, como digo na apresentação do blog (Betendo uma), este não é um blog de caráter pornográfico. Sacanagem é bom e tá cheio de sites por aí, mas, eu queria algo mais. Algo que me apresentasse homens não nus, mas usando short. Não precisavam nem estar de barraca armada, se fosse um calção brilhante, já bastava estar usando. Eu acredito que aqui no Brasil o maior número de fetichistas curta short (ao invés de tênis, como nos Estados Unidos, por exemplo) e que devem ter se sentido da mesma forma. Sem falar nos caras com outros fetiches, querendo ver fotos de caras usando cuecas, usando bermudas, com a roupa molhada, usando sunga, lycra, usando tênis ou meias, não com os pés nus, etc.
Então, na época da internet à manivela, achei algumas poucas fotomontagens feitas em cima de fotos eróticas. Era “exatamente” o que eu queria. Digo “exatamente” com aspas, porque só muito depois que vieram as fotos que eu realmente acho um tesão, como as que posto aqui, por exemplo.
E o mais engraçado é que essas fotomontagens cobriam caras originalmente nus. Alguém com um tesão muito maior que o meu (hehe) teve a boa vontade e a paciência (ou falta do que fazer) de recortar os calções e colá-los nos caras nus. E não era mqualquer short. Esse short dourado da primeira foto é um tesão. E os dois se beijando na praia tão usando praticamente dois clássicos: o verde e o grande tesão da Adidas, o azul-marinho. E os shorts estão marcando muito bem o volume dos caras.
Se às vezes eu me acho exagerado, tem caras que são muito mais. Mas graças a eles que eu pude “me divertir” naquela época.

Não que eu goste lá muito de rugby… Um esporte esquisito que se joga com uma bola que não é redonda e que derivou outros esportes esquisitos, como o futebol americano e o futebol canadense (sabiam que existe um “futebol canadense”? Quase igual ao americano, só que com campo menor e algumas regras diferentes).
O que um bando de homens machistas e brutais se trombando e se agredindo atrás de uma bola pode ter de interessante para nós gays? Aí é que está: a princípio, pode parecer mesmo um bando de brutamontes, mas como a foto da abertura bem ilustrou, num olhar mais profundo, esse esporte tem um viés muito gay.
Se o futebol, como mostrado aqui no blog,  já tem uma conotação gay, imagina um monte de homens másculos com corpos musculosos (ok, algumas vezes gordos também…) se esfregando e se pegando sem o menor pudor! Quem fez este wallpaper tá de parabéns!!
E, no caso, minha ingidignação com o fato de o Brasil não ter expressividade no rugby, se refere, é claro, ao uniforme dos jogadores! 😉
Enquanto ingleses, australianos e até nossos vizinhos argentinos têm grandes times e são fãs do esporte, aqui, meia dúzia de gatos pingados sequer conhece o jogo, que dirá jogam. Portanto não há uniformes pra vender… E os shorts de rugby (não só o short, como também a camiseta, muitas vezes) ainda são brilhantes, macios e sedosos… Muito bons. Com um corte quadrado e curtinhos, lembram os shorts retrôs da década de 80. Quem não vê nada demais em short, toda vez que vê imagens de arquivo daquela época, ri ou acha aqueles calções ridículos. Mas, pra quem tem tesão, aquilo é bom demais. E os shorts de rugby são como se fossem shorts retrôs nos dias de hoje: curtinhos, brilhantes, delineando muito bem as curvas dos jogadores…!
E tem mais: assim como no Brasil o uso do short como roupa casual se tornou popular por causa do futebol (não é assim nos EUA, por exemplo, onde são mais comuns os shortões de basquete), na Austrália, na Nova Zelândia e na África do Sul o que os caras usam são os shortinhos minúsculos de rugby. Então, você não imagina o delírio que não deve ser para os sul-africanos, australianos e neo-zelandeses que curtem calções hehehe.
A nós, brasileiros (portugueses, cabo-verdianos, angolanos e moçambicanos que também visitam o blog) restam essas fotos pra nos “animar”.

Como comentei nos últimos dois posts, eu gosto mesmo é de short largo e/ou comprido. Talvez porque usei, durante muito tempo, shorts de tamanho maior que o meu. Mas a sensação de ter mais tecido macio e gostoso no seu corpo é ótima. Uma vez um cara me disse que shorts e bermudas são as “saias” do homem. Sei lá, saias não me interessam. Mas que é confortável e também um tesão um short bem largo, fresco, pra mim é.
Mas, não posso deixar de reconhecer o valor dos shorts curtinhos (como os retrôs da década de 80, que têm até um Marcador especial aqui) de corrida/atletismo.
Tenho amigos que participam de maratonas e, quando eles vão pegar os kits de corrida no Ibirapuera, fico louco quando passo por aquele monte de camelôs aproveitando pra ganhar um extra vendendo shorts de última hora. Cada short tesão. Muitos ainda com o brilho e a maciez do nylon. Não compro uma porrada pra não dar muito na cara (e também não vou torrar minha grana só com isso).
Enfim, vai dizer que não é uma delícia ver um cara como esse aí com esse shortinho minúsculo?
Melhor que isso, só ver competições na TV em dia de chuva, como aconteceu nas últimas Olimpíadas. Nem precisa estar chovendo pra os atletas se molharem, porque eles usam a água pra se hidratar e manter a temperatura do corpo (por meio da evaporação da água). Mas, em Pequim, numa das duas provas de marcha atlética, os marchadores simplesmente cruzaram a linha de chegada encharcadaços por causa do toró que caiu. Um tesão pra mim (short+roupa molhada = 🙂 ), como dá pra conferir pelas fotos abaixo.
Todos eles rebolando (sabendo que são héteros) e ensopados,  foi uma delícia de ver!

Eu corro de vez em quando e uso algum dos meus shorts retrôs, como o verde do cara da foto, porque o nylon é muito melhor (ninguém bate aquele nylon até hoje) e é muito mais legal correr com uma peça vintage da Adidas, da Umbro, do que com algo recém-lançado.

Sempre pensei que alguns esportistas deveriam ter sido modelos, mas, por alguma razão, engano ou coincidência, acabaram se tornando jogadores, corredores, tenistas…
Valdívia, Adriano, Cristiano Ronaldo, David Beckham (estes dois dão uma de modelos, às vezes), Diego, Andy Roddick, Lewis Hamilton, André Heller e Gustavo (os dois do vôlei)… só pra citar alguns.
Como já comentei aqui, assisto a futebol mais pelos shorts dos jogadores do que pela partida em si. Então, sempre foi muito bom ver, além dos shorts brilhantes gostosos, belos caras usando eles. É realmente de armar a barraca.
Desde que o futsal ganhou destaque no ano passado com o Pan, tenho o prazer de ver o Falcão em campo em jogos da seleção. Como não se transmite os jogos regionais, é só nessas horas que dá pra vê-lo usando o calção largão do Brasil. E, cara… ele manda muito bem!!
Pena que não deu pra vê-lo direito na vitória no domingo contra a Espanha porque ele se contundiu… Ah, se eu fosse massagista…

Quero agradecer aqui aos comentários deixados (que me incentivam a continuar com o blog) e e-mails enviados. É ótimo receber retorno e ver que o Batendo Bola está realmente agradando. É bom saber que vocês ficam tão contentes e “animados” quando conhecem o blog porque é justamente essa a minha intenção: a de fazer um coisa bem feita, com um bom nível, sem baixaria e que eu realmente gostaria de ver na internet. Sei que tem muito cara por aí que curte roupas e, como não achava nada que tratasse decentemente os fetiches, resolvi criar algo eu mesmo.
Que bom que está dando certo! 🙂

Quem minimamente assite TV ou lê jornal, sabe que está acontecendo a Copa do Mundo de Futebol de Salão no Brasil e que a seleção vai pra final no domingo.
Só quando acontecem eventos assim é que dá pra acompanhar, mesmo em TV aberta, outros esportes que não seja o futebol de campo. E é nessas horas, como durante as Olimpíadas, que quem curte, tem a chance de ver novos calções, novas chuteiras, meiões…
Sempre me animava vendo jogos de futebol ou outros esportes que usam short e ficava sonhando em ter acesso àqueles uniformes depois da partida. Ter acesso ao vesitário. Hmmm…
Tenho acompanhado alguns jogos só pra dar uma checada nos shorts das outras seleções (além de torcer pelo Brasil, claro – e que por sinal, usa um calção diferente do da seleção de campo).
Os calções continuam sem o brilho e a maciez do nylon, mas calção é calção e sempre me deixa animado. 😉 Ainda mais nos jogadores gostosos de algumas seleções. E no futsal, estão cada vez mais largos, com bastante espaço pra se “animar” dentro deles. hehe
O futsal só tem um problema: não há chance de ocorrer um jogo na chuva e a roupa ficar colada no corpo… 😛

E, se estranharam o fato de um dos jogadores mais gostosos não estar neste post é porque acho que ele merece um pos especial. A seguir: Falcão.

Atenção! Olha lá, hein!

Esta página contém textos e fotos de caráter ADULTO e de conteúdo GAY. Portanto, menores de 18 anos ou heterossexuais se que não se sintam à vontade com o tema NÃO DEVEM navegar pelo blog, ok?
outubro 2008
D S T Q Q S S
« ago   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

  • 6,233,896 acessos

Os mais clicados

Visitas